Blog da Mayra Cavani

Cuidado com os Shakes Industrializados

FacebookTwitterPinterest

Seguir um cardápio balanceado e manter a dieta não é tarefa fácil. Você precisa de tempo e disposição para preparar refeições leves, nutritivas e equilibradas, e muitas vezes isso não é possível em meio a correria do dia a dia. As vezes mal sobra tempo para mastigar certo?

Ai que a solução mais fácil parece substituir a refeição por um copão de shake, e ainda acredita que conseguiu economizar calorias. O problema é que  a bebida prática e saborosa nem sempre possui a quantidade necessária de vitaminas e sais mineiras presentes em uma refeição. Trocar o almoço ou o jantar pelo shake, pode deixar sua imunidade em baixa e causar doenças graves como anemia, e disfunções renais. O ideal seria consumi-lá como complemento e não como refeição principal.

A pessoa até perde peso porém uma perca mascarada, o que pode acarretar na perda de músculos (massa magra) e água em vez de gordura corporal, como prometem as embalagens e as tabelas nutricionais presentes nos rótulos.

Além dos nutrientes necessários para alimentar uma pessoa, uma refeição saudável e equilibrada precisa ter teor calórico compatível com o metabolismo dela para suprir seu gasto calórico diário. Sem energia o músculos vão se desgastando (catabolismo) e perdemos massa muscular e não gordura. O problema disso é que sem os músculos ficamos sem força para executar nossas atividades, principalmente as esportivas.

Esse tipo dieta não é um estimulo a mudança de hábitos saudáveis ,acontece que ao interromper esse plano alimentar tão restrito, as chances do quilos perdidos voltarem são maiores. È mais fácil engordar depois de seguir um cardápio tão restritivo, porque não há tempo suficiente para que ocorram mudanças nos hábitos alimentares e para que o organismo se acostume a nova rotina.

Pense bem, você acha os nutrientes que temos e um prato completo com arroz, feijão, carnes, verduras e legumes são os mesmos contidos dentro de um pó?

FacebookTwitterPinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *